As minas de Regoufe | Arouca

Minas de Regoufe

Havia já algum tempo que não ia para aqueles lados, os lados de Arouca. Um local que nunca desilude quem gosta de apreciar paisagens bonitas e de fazer caminhadas. Desta vez o destino não foi as Escarpas da Mizarela ou Rio de Frades, mas sim as Minas de Regoufe.

Continuar a ler

You may also like

Rota do Ouro Negro

Rota do Ouro Negro

Apesar de que ultimamente os percursos pedestres não têm estado presentes nas minhas mais recentes atividades, nunca é tarde para partilhar contigo mais um trilho, apesar de já lá irem alguns meses desde o último, que foi precisamente este: a Rota do Ouro Negro na Serra da Freita.

Continuar a ler

You may also like

Trilho do Caminho do Carteiro

Há algum tempo falei aqui no blog de um local chamado Rio de Frades, onde tinha ido para tentar encontrar uma lagoa sobre a qual tinha ouvido falar. Há cerca de 3 meses regressei lá para fazer parte do trilho do Caminho do Carteiro.

Continuar a ler

You may also like

Renovar a mente a caminhar nas Escarpas da Mizarela

No mês passado, quando escrevi sobre o Bullet Journal, falei-vos pela primeira vez no projeto ACMA, criado pela Ju do blog Cor Sem Fim. A experiência foi muito positiva e, por isso, decidi entrar no desafio novamente em fevereiro.

Este mês falamos de sentimentos. É um tema vasto, não? Afinal, tudo na nossa vida gira em torno dos nossos sentimentos, se não fossem os nossos medos e paixões não faríamos qualquer sentido.

Continuar a ler

You may also like

Serra da Freita | Um passeio no nevoeiro

Serra da Freita

Este fim de semana, na tentativa de encontrar alguma neve, fui (mais uma vez) até à Serra da Freita (Arouca). Como tinha nevado bastante de sexta para sábado pensei que ainda fosse possível ver as montanhas pintadas de branco mas não.

Continuar a ler

You may also like

Rio de Frades | A mina e as lagoas

Rio de Frades-Lagoa

No passado domingo fui até à bela Serra da Freita (Arouca), mais propriamente a Rio de Frades à descoberta de lagoas para refrescar, neste dia em que o termómetro marcava 38º.

A ideia era tentar encontrar umas lagoas que existem depois de se atravessar uma mina de volfrâmio, de onde se extraíram e exportaram largas toneladas deste metal durante a 2ª Guerra Mundial, principalmente para as forças do Eixo para construção de material bélico.

Facilmente consegui dar com o destino mas encontrá-lo sem orientações prévias será difícil, pelo que deixo as indicações para que possam lá chegar também.

Continuar a ler

You may also like